Grupos de várias regiões do Rio Grande do Norte estão se articulando para tentar audiência com a Governadora Rosalba Ciarlini, o que ainda não foi possível. Muitas conversas avançada com Isaura Amélia da Fundação José Augusto e demais gestores.

A equipe do Festival Agosto de Teatro e grupos de Natal, terão audiência segunda-feira, 04 de abril, às 08h, na Secretaria de Planejamento do Estado, Centro Administrativo em Natal, para tratar de assuntos importantes para cultura do Estado, como o fechamento do Teatro Sandoval Wanderley, pagamentos do Festival Agosto de Teatro, Premio Lula Medeiros e Chico Villa, dentre outro serão assuntos de pauta dessa audiência.

Esperamos êxito e boa vontade do Governo do Estado, que já cumpriu calendário com alguns Pontos de Cultura.

Fonte: ciranduis.blogspot.com

Postado por Jardeu Amorim

Próximos a finalizar a montagem do espetáculo “O Casaco de Urde Malas”, os grupos e artistas do Escambo que estão envolvidos no processo, já tem agendas para turnê no Brasil com possibilidades de ida a Argentina e Bolivia.

As informações passadas por Junio Santos, autor/diretor e ator do espetáculo, a partir de maio teremos importantes Festivais e agendas pela frente. João Pessoa/PB, Minas Gerais, São Paulo, Rio de Janeiro, Bahia, Rio Grande do Sul, Pernambuco são alguns estados com cidades já confirmadas.

O elenco é composto por Berg Bezerra e Diego Tavares (Cia. Ciranduís), Jardeu Amorim e Léo Alves (Cia. Arte e Riso), a turnê contará com a Poemia do Mundo de Ray Lima, Filippo Rodrigo da cidade de Natal e o ator da cidade de Recife Alexandre.

Postado por Jardeu Amorim
DEU NA REDE DO ESCAMBO NA NET:

O Deputado abaixo está propondo essa  lei pra proteger e garantir liberdade dos artistas de rua. Vamos ler, ficar atentos e ver se precisamos acrescentar alguma coisa. O mesmo irá fazer consulta jurídica pra ver sobre a legalidade da mesma, se é possível, já que o artigo 05 da constituição já reza sobre isso.

Deputado Federal Vicente Cândido (PT-SP)

PROJETO DE LEI


Artigo 1º - As manifestações artísticas e culturais em ruas, avenidas e praças públicas são livres de qualquer censura, coerção, proibição, taxas, emolumentos, tributos, impostos, autorização e inscrição, desde que:

I. Sejam gratuitas para os espectadores;

II. Não interrompam o trânsito de veículos;

III. Não fechem totalmente a passagem de pedestres nem o acesso a instalações públicas ou privadas;

IV. Não tenham patrocínio privado que as caracterize como um evento de marketing.

Parágrafo 1º - Doações de espectadores através do tradicional “passar o chapéu” ou outras formas não podem ser consideradas cobrança de ingressos.

Parágrafo 2º - A isenção de taxas, emolumentos, tributos e impostos previstos no caput não se aplicam aos patrocínios públicos diretos ou através de leis de incentivo fiscal nem a eventuais pagamentos recebidos pelos realizadores.

Artigo 2º - Essa lei se aplica particularmente aos Poderes Públicos Municipais, Estaduais e Federais, seja através de sua administração direta ou indireta.

Artigo 3º - Ficam revogadas todas as determinações contrárias nas esferas municipais, estaduais e federais.

Artigo 4º - Esta lei dispensa regulamentação prévia para sua aplicação e entra em vigor na data de sua publicação.

Postado por Jardeu Amorim

  

      Nesta terça-feira voltamos com os ensaios do espetáculo "O Maníaco do Prato", já que estaremos nos apresentando no XXX Escambo na cidade de Janduís que acontecerá de 28 de abril a 01 de maio desse ano.
       A Cia Arte e Riso, a Cia Culturarte, representante da Capoeira e representantes do Grupo (ambos de Umarizal), estarão no XXX Escambo na cidade de Janduís junto com diversos outros artistas de vários cantos do Brasil.

Postado por Sergio Rubens.

         O Movimento Popular Escambo Livre de Rua, está comemorando 20 anos de existência.
         Mas não comemoramos apenas nossa existência, mas principalmente, nossas conquistas, lutas e nosso papel de transformação de pensamento através da arte, andando pelas ruas e praças desse Brasil. Já lutamos contra o tiroteio, onde os atiradores respeitaram nossa presença. Já estivemos nas "periferias" e fomos aplaudidos e respeitados, sabe porque? Porque ao contrário da maioria, tratamos todas as pessoas como seres humanos. 
        O Movimento Escambo nunca deu dinheiro a ninguém, nunca levantou projetos em prol de arrecadar algo com isso nem pra nós mesmo nem pra ninguém, o pouco que já chegamos a pedir, foi pra nos alimentar e nos transportar para algum lugar, onde iriamos passar algum tempo levando arte, cultura e cidadania. Mas por outro lado, já transformamos muitas vidas, fizemos crianças, jovens, adultos e idosos, rirem e chorarem de emoção. Já tiramos crianças de caminhos tortos, e colocamos em caminhos mais certos. Nós trabalhamos pela mudança de consciência, nos unimos por nossos ideias, e acreditamos acima de tudo que o amor é a chave para um mundo melhor, principalmente o amor pelo próximo. Somos uma pequena parte do mundo, que se preocupa com o nosso amanhã, e temos a certeza que a verdadeira qualidade de vida, não se resume ao que temos de material, mas sim com a maneira com que nos relacionamos uns com os outros.
        Lutamos contra o pré-conceito, e contra a falta de moral e de respeito que nosso governantes tem conosco, lutamos por nossa liberdade de expressão e sentimento, queremos aquilo que é nosso e do nosso jeito, não queremos fazer revolução com violência, queremos revolução de pensamento e de atitude. 

Escambo, o que é? 
O que somos? 
Porque fazemos?.

Somos arte, somos vida, 
Somos sonho e realidade, 
Somos verdade, somos o tempo, 
Somos eu, somos você, somos todos nós, 
Trabalhando por um mundo melhor,
Acreditando que isso não é uma utopia, é realidade. 
Somos poetas, capoeiristas, 
Atores, palhaços, músicos, desenhistas,
Malabaristas, artesãos, dançarinos.
Somos adultos com pureza de crianças
E crianças com experiência de Adulto
Enquanto houver vida, 
Enquanto houver respeito,
Enquanto houver verdade,
Enquanto houver amor,
Enquanto houver justiça,
Enquanto houver sonho,
E motivos para existirmos
Nós estaremos
Mudando o mundo, 
Ser perder a racionalidade.

Sergio Rubens, Parabéns ao Movimento Escambo Livre de Rua.

 De 28 de Abril a 1 de Maio na cidade de Janduis-RN o XXX Escambo Livre de Rua

Postado por Sergio Rubens
Fato que aconteceu com um grande artista e amigo do Movimento Escambo na cidade de Fortaleza, e precisa ser denunciado! 

Foto meramente ilustrativa e retirada da internet

“No final da tarde do dia 17 de Março, quinta- feira, a Secretaria Executiva Regional I, foi palco de mais uma demonstração de racismo e preconceito institucional. Eu, José Soares, Funcionário do Orçamento Participativo da cidade de Fortaleza, Locado na SER I, a mais de três anos, fui abordado por um servidor aparentemente em seu estado físico e psicológico normal, com a seguinte pergunta: “- Você vai para onde?”

Eu, muito apressado por está atrasado para reunião do conselho do OP, respondi sem aprofundar o questionamento: “- Por quê?”

Depois de andar um pouco em direção a sala do Orçamento Participativo, a qual eu trabalho, ouvi a seguinte frase do senhor: “- Esse negro que parece uma mulherzinha respondeu por quê? Esse negro safado!”

Sem dá muita importância, continuei andando em direção a sala do OP.

Chegando na sala coloquei minhas coisas no armário, mas continuei ouvindo xingamentos por parte do servidor, que estava no andar de baixo da sala do OP, então fui até onde ele estava e chegando mais próximo foi possível ouvir mais claramente o que ele falava: “- Aquele negro, negro mesmo, e eu falo é negro.”

Então apareci no corredor onde ele discursava em auto e bom som, palavras racistas e preconceituosas.

Quando ele me viu, falou: “- Foi esse negro aqui!” E veio em minha direção.

Eu falei para ele: - “Você primeiro tem que me respeitar, por que isso é racismo”.

Ele falou: “- È racismo então pode me denunciar, me denuncie...” E frisou: “- Eu sou servidor público.”

Respondi: “ - Eu também sou Servidor Público!”

Ele então retrucou: “ - Eu sou da marinha me denuncie...”

Eu já um pouco alterado falei: “ - Você pode ser o que for seu merda”.

Foi quando uma pessoa falando que era Chefe do Patrimônio da Regional entrou no meio da conversa e falou que não admitia discussão dentro da regional.

E ele continuou falando: “- Me denuncie, me denuncie... Você quer saber meu nome?”

Eu, então falei que iria falar com o Secretario da regional.

Chegando ao Gabinete, não fui atendido pelo Secretário, mas o mesmo pediu para sua secretária falar que conversaríamos no dia seguinte.

Logo depois a chefe de gabinete foi à sala do OP e conversamos um pouco sobre o ocorrido.

São atitudes com essas, deste Servidor Público Municipal, que nos coloca para refletir sobre uma outra sociedade, mais justa, igualitária, sem preconceitos de Raça, Gênero e Classe Social.

Não se transforma o mundo se não somos capazes de transformarmos a nós mesmos!

Não posso calar diante desta brutalidade, desumana, egoísta e individualista, que infelizmente ainda acontece no cotidiano da sociedade. Jamais me calarei, nem me negarei a lutar contra qualquer tipo de injustiça no mundo. Estarei sempre preparado para gritar pela igualdade entre os homens e as mulheres, negros, brancos e índios.

Não devemos discriminar como os que nos discriminam, porém, não podemos nos silenciar por medo, por diplomacia ou educação. A força, a luta, o grito faz-se necessário diante de um preconceito, diante de uma discriminação.

Eu repudio toda e qualquer ação de preconceito, discriminação, indiferença, intolerância racial e religiosa! E espero que o responsável pela ação criminosa de preconceito racial e discriminação seja punido pelo seu ato”.
“A legislação brasileira (Lei Nº 7.716, de 5/1/89) estabelece pena de multa e prisão de até 5 anos para os crimes
resultantes de discriminação ou preconceito de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional.”

Não dá mais, viver neste país
Com apartheid!
Queremos paz, andar pela cidade
Sem sermos vistos com marginais …


José Soares
Meus olhos são iguais aos teus
O que difere os meus dos teus
É que o teu é azul- claro
E o meu escureceu ...

José Soares
Francisco José da Silva Soares
Fortaleza, 17 de Março de 2011

Postado por Jardeu Amorim

Os Pontos de Cultura fazem parte do maior projeto de distribuição de renda promovido pelo Governo Federal. Aqui no Rio Grande do Norte, pelo menos 15 mil pessoas – em uma equação simples – estão direta ou indiretamente envolvidos com os Pontos. A afirmação é de um do ponteiro e fotógrafo Teotônio Roque, um dos responsáveis pela Ong Olhares que coordena o Ponto de Cultura Lumiar, entidade cujo objetivo é difundir as artes visuais, destacando seus aspectos pedagógicos, sociais, econômicos e ambientais. Integrante da Comissão Institucional da Rede de Pontos de Cultura do RN, Roque, nomeado Tuxauá (ou articulador / mobilizador em Tupi) pelo Ministério da Cultura, comemora o repasse de R$ 911 mil autorizado pelo Governo do Rio Grande do Norte e anunciado pela Fundação José Augusto na última quinta-feira, 17.

Comissão dos Pontos de Cultura comemora primeiro repasse

Os recursos estavam atrasados há mais de um ano e contemplam 16, dos 64 Pontos espalhados pelo Estado. “Com esse pagamento, concluímos a primeira etapa de repasses”, informa Teotônio. Cada Ponto tem direito a três parcelas anuais de R$ 60 mil.

Destes 64 Pontos de Cultura potiguares, 33 já haviam recebido a primeira parcela do repasse; o grupo contemplado dia 17 é formado pelas 16 Associações dos Amigos das Casas de Cultura; e 13 são suplentes autorizados pelo Ministério da Cultura para serem incluídos nos pagamentos. “A Fundação José Augusto / Secretaria de Cultura se comprometeu a acertar esse débito ainda neste primeiro semestre”, disse Teotônio. Para fechar a conta, dois Pontos de Cultura permanecem com pendências burocráticas.

Durante a solenidade de repasse dos recursos aos Pontos de Cultura, a Secretaria de Cultura/FJA também encerrou o curso capacitação oferecido a 40 agentes culturais durante a semana que passou. Os agentes tiveram acesso a experiências exitosas das Casas de Caicó, Campo Grande, Martins e Florânia. As conferências foram proferidas pelo médico Iaperi Araujo, Maria Bezerra, o folclorista Deífilo Gurgel e a diretora e coreógrafa Diana Fontes. Os museólogos Hélio Oliveira e Odinélia Targino também estavam entre os orientadores do curso.

Postado por Jardeu Amorim


Nota do Blog:
Quando digo "palhaço econômico" falo por experiência própria, uma vez palhaço sempre palhaço, tanto é que em sua candidatura para Deputado Federal o nome registrado foi Tiririca e não Francisco Everaldo Oliveira Silva. sendo assim, pelo menos um verdadeiro palhaço está preocupado com os gastos públicos em nosso país.

Foto da internet

O deputado Tiririca (PR-SP) tem sido um dos mais econômicos da Câmara, informa a coluna de Mônica Bergamo, publicada na edição desta quarta-feira da Folha. Gastou só R$ 42,03 em março, com "serviços postais". Em janeiro, pediu reembolso de R$ 519 por duas passagens aéreas --sendo que uma delas custou R$ 80. O deputado Waldemar Costa Neto (PR-SP), que lançou Tiririca na política, gastou R$ 17,6 mil em janeiro, com escritório, seguranças e telefonia.

Postado por Jardeu Amorim
Mais uma notícia que deu na rede do Escambo na net:
Não é bem o foco do blog, mas todos precisam saber, pois trabalhamos com o social e isso é imoral!

Vale a pena ler:

O povo egípcio derrubou o ditador Mubarak, enquanto no Brasil em dias de eleições, os brasileiros sem noção fazem fila para eleger os políticos que vão governar em causa própria.


Imagem retirada da internet

1 MINUTO DE SILÊNCIO!

Ontem, os deputados  federais mostraram a cara e não  votaram  o projeto de lei FICHA LIMPA. Para quem não sabe, ontem,  foi rejeitada a votação, na Ordem do Dia da Câmara Federal,  o Projeto de  Lei FICHA LIMPA, que impede a candidatura a qualquer cargo eletivo, de pessoas condenadas em primeira ou única instância ou por meio de denúncia  recebida em tribunal – no caso de políticos com  foro privilegiado – em virtude de crimes graves, como: racismo, homicídio, estupro, homofobia, tráfico de drogas e desvio de verbas públicas..
Postado por Jardeu Amorim

Foto da internet



O Ministério da Cultura em nota no Top Tweets, desta quarta-feira, 16, informa que a cantora Maria Betânia conseguiu autorização do próprio Ministério para captação de 1,3 Milhões para criar um blog de cultura.



Notícia enviada para a rede do Movimento Escambo na internet. 
Nota do Blog:
"Será que tem o que comentar um absurdo desses????"

Postado por Jardeu Amorim

foto da internet

Em comemoração ao 14 de março - Dia Nacional da Poesia, a Poetas e Prosadores de Mossoró (POEMA), completando 14 anos de existência, programou uma manhã de poesias na Central de Abastecimento de Mossoró, o Mercado da Cobal. Mas terminou num delicado incidente.

Os poetas foram proibidos pela administração do equipamento público de sequenciarem o evento, nesse domingo (13), às 5h30.

O poeta e presidente da Poema, Caio Muniz, iniciou o recital declamando algumas poesias de poetas locais, em seguida o cantor e compositor Genildo Costa começou a mostrar o seu repertório musical.

Mas de repente foi recebida uma ordem externa, para que o evento aberto ao público, gratuito e apolítico fosse encerrado. Imediatamente.

- Nosso chefe mandou dizer pra vocês que encerrem imediatamente esse movimento - determinou um dos seguranças da Central de Abastecimento, que pertence a uma empresa terceirizada, que presta serviço à Prefeitura de Mossoró.

Caio César César tentou argumentar, mas recebeu ordens ainda mais expressas, de um administrador do local: "Desça e desligue o som imediatamente".

Para não causar um conflito maior, os integrantes do movimento resolveram acatar as ordens. E bateram em retirada, deixando indignado o público presente, que já aplaudia a apresentação dos poetas.

Nota do Blog:
Não quero acreditar nisso! Logo Mossoró! A cidade que quer ser a capital da cultura em nosso estado!
O que a prefeirura quer fazer com aquela população?

Postado por jardeu Amorim

Poema em comemoração ao dia da Poesia
(ta atrasado é verdade, mas ainda ta valendo)


 imagem da internet


O Poeta

O poeta ama o mundo
Nas suas diversidades e complicações
O poeta é um tsunami de emoções.
É o pobre que mora na favela
Anda nos becos e vielas
Faz rima, com sol, chuva e trovões.
O poeta se apaixona pela lua
Sua poesia caminha pelas ruas.

O poeta vive no surreal
É um amante irracional
Que anda nas noites escuras
Transformando o que é raro em normal.

O poeta é o bêbado dormindo na calçada,
É o sem teto com frio na madrugada.
O poeta representa a luz do dia.
É a revolução em forma de arte
É o amor em toda parte.
O poeta é o mendigo pedindo esmola,
É o menino que junta latinhas numa sacola,
É um pedaço de pão a quem tem fome,
O poeta é um cristão sem nome.

O poeta se embriaga de amor
Se apaixona e sente dor
Se não tiver a poesia contigo
Sempre todo dia.

Ele traz transformação
O poeta alimenta o coração
E sua poesia alivia a dor da saudade
O poeta representa uma amizade.
Em meio a dor e a crueldade
Ele traz alegria em seus poemas
Não gosta de dor nem de dilemas.
O poeta é homem e mulher,
Ele é criança e adulto,
É bobão e é astuto,
É o louco em sâ consciência

O poeta vai ao mais longe que o homem chegaria,
O poeta é a pureza feminina,
É a mão macia e fina, que trabalha todo dia
É o sinônimo de alegria
E seu amor se espalha pelo ar...
O poeta é um louco suicida
Que se joga do abismo
Gritando para o mundo que adora voar!


Sergio Rubens                                                                                                         Postado por: Sergio Rubens

Vai aí uma bela homenagem que o nosso grande amigo, blogueiro e poeta Jatão Vaqueiro Faz a todos os blogs de Umarizal:


VOU FALAR DE ALGUNS BLOGS
EXISTENTES EM UMARIZAL
COMEÇANDO COM O DE JATÃO
QUE FALA DA CULTURA REGIONAL

TAMBÉM É NOSSO PARCEIRO
O GENTE QUE FÁZ E ACONTEÇE
COM ÁS SUAS POUCAS E BOAS
A VISITAÇÃO SEMPRE CRESÇE

TEMOS O UZL EM FOTOS
TRAZENDO A INFORMAÇÃO
O RETRATO DA NOTÍCIA
DE UMARIZAL E REGIÃO

BLOG TRÂNSITO LIVRE
MEDIADO POR SUELDO ANDRADE
QUE TAMBÉM IMFORMA A TODOS
AS NOTÍCIAS DA CIDADE

UMARIZAL NEWS
COM A NOTÍCIA VERDADE
MOSTRANDO TODOS OS FATOS
PROMOVENDO A LIBERDADE

UMARIZAL EM DIA TRÁZ
TÊENS E TAIS DE NOSSA CIDADE
SÃO OS DESTAQUES
DE NOSSA SOCIEDADE

BLOG DE WASHINGTON SALES
ABORDA A POLÍTICA DA REGIÃO
E AINDA TRÁZ PRESTAÇÃO DE CONTAS
DA NOSSA ATUAL GESTÃO

ESSE É O WAGNER MIX
FEITO PRA GALÉRA METALEIRA
QUE GOSTAM DAS BALADAS
E DOS RÍTIMOS DOIDERA

CLEUMY CANDIDO FONSECA
BASTIDORES DA POLÍTICA REGIONAL
TRAZENDO AINDA PRA VOÇÊ
ENQUETES DA POLÍTICA LOCAL

BLOG DA SANTA LUZIA
INFORMAÇÕES CATÓLICAS E ORAÇÃO
TUDO SOBRE O SEU PADROEIRO
E TODA SUA PROGRAMAÇÃO

TEM O CONEXÃO HUMOR
O MAIS NOVO DA CIDADE
COM A SUA INREVERÊNCIA
FÁZ A SUA FELICIDADE.

CIA ARTE E RISO
CULTURA VIVA EM UMARIZAL
AGORA NA INTERNET
DIVULGANDO A OBRA TEATRAL

BLOG DO PROF:GEOVANY
FALANDO EM ESPORTE MUNICIPAL
DE TODAS AS CATEGORIAS
AMADORES E PROFISSIONAL
BLOG DO PROF: GEOVANY
ESPORTE E EDUCAÇÃO EM FOCO!

COMÉDIA É NO LIGEIRINHO
NOTÍCIAS COM IRREVERÊNCIA
TRAZENDO AOS INTERNAUTAS
HUMOR COM CONCIÊNCIA

AGORA EU QUERO FALAR
DO UZLCLICK.COM
QUE RETRATA OS EVENTOS
COM TUDO QUE HÁ DE BOM
                                                      
COMUNIDADE SÃO JOSÉ
É MAIS UM BLOG DE LOUVOR
LEVANDO ATÉ VOÇÊ
A BENÇÃO DO SENHOR

Fonte: jataovaqueiro.blogspot.com
Postado por Jardeu Amorim
O Governo do Estado deve liberar nos próximos dias a primeira parcela para 16 Pontos de Cultura e 13 suplentes no Rio Grande do Norte, uma vez que, há uma espera de pelo menos 3 anos para o recebimento do recurso.

A informação partiu da Fundação José Augusto que além de pagar os Pontos de Cultura, deverá pagar os prêmios e os cachês de apresentações que rolam desde 2008.

Eis a lista dos 16 Pontos que deverão receber a primeira parcela de seus recursos. 

ASS. AMIGOS DA C. CULTURA DE Grossos
ASS. AMIGOS DA C. CULTURA DE Currais Novos
ASS. AMIGOS DA C. CULTURA DE Goianinha
ASS. AMIGOS DA C. CULTURA DE Cruzeta
ASS. AMIGOS DA C. CULTURA DE Florânia
ASS. AMIGOS DA C. CULTURA DE Caicó
ASS. AMIGOS DA C. CULTURA DE São José de Campestre
ASS. AMIGOS DA C. CULTURA DE Umarizal
ASS. AMIGOS DA C. CULTURA DE Caraúbas
ASS. AMIGOS DA C. CULTURA DE Macaíba
ASS. AMIGOS DA C. CULTURA DE Nova Cruz
ASS. AMIGOS DA C. CULTURA DE Serra Negra Do Norte
ASS. AMIGOS DA C. CULTURA DE Jardim do Seridó
ASS. AMIGOS DA C. CULTURA DE Lajes
ASS. AMIGOS DA C. CULTURA DE Santa Cruz
ASS. AMIGOS DA C. CULTURA DE Viçosa

FONTE: CIRANDUIS.BLOGSPOT.COM

Postado por jarde Amorim



Programação Festa de São José
12 á 19 de março de 2011


Com São José queremos construir a fraternidade e a vida no planeta.


ABERTURA Dia 12/03/2011 (Sábado) - Noite do Município de Umarizal e Educação.
 Subtema: A fraternidade supera a exclusão e constrói um mundo de irmãos. (Lucas 10, 25-27)
 Pregador (a): Pe. João Batista
 Atrações: Inácio Junior
 Promoção: Jantar Comunitário


Dia 13/03/2011 (Domingo) - Noite da Juventude; Terços dos Homens e madrinha do Caraíbas.
 Subtema: O aquecimento global está ameaçando a vida em nossas casas comum, a terra.
 Pregador (a): Alexandre
 Atrações: Bingo de um Carneiro e Forrozão na Pegada.
 Promoção: Jantar Comunitário


Dia 14/03/2011 (Segunda-Feira) – Pastoral da Criança, Catequese, Infância, Coroinhas.
 Subtema: A natureza foi entregue à humanidade, que tem compromisso de cuidar dela. (Daniel 3, 57-88)
 Pregador (a): Pe. Francinaldo
Atrações: Apresentações Culturais: Cia. Arte e Riso, Apresentação Cohab, E.E 11 de Agosto e Catequese.
 Promoção: Surpresa


Dia 15/03/2011 (Terça-Feira) – Carrocerias Vicunhas; Maçonaria; FM Fraternidade.
 Subtema: Eu posso e devo fazer a minha parte para diminui o aquecimento global. (Salmo 8)
 Pregador (a): Alaede
 Atrações: Surpresa
 Promoção: Jantar Comunitário


Dia 16/03/2011 (Quarta-Feira) – Noite das Comunidades Urbanas; Comerciantes.
 Subtema: Queremos construir um novo céu e uma nova terra (II Pedro 3, 13-18)
 Pregador (a): Comunidade Obra de Maria
 Atrações: Seresta com Thiago
 Promoção: Jantar Comunitário

Dia 17/03/2011 (Quinta-Feira) – Noite dos Vaqueiros; Sindicatos dos Trabalhadores Rurais.
 Subtema: Reconciliar com Deus, com os irmãos e com a natureza. (Tiago 1, 12-18)
 Pregador (a): Francineth
 Atrações: Surpresa
 Promoção: Jantar Comunitário

Dia 18/03/2011 (Sexta-feira) – Apostolado da Oração; Famílias; Renovação Carismática Católica.

 Ás 10:00 – Batizados – Capela de São José
 Subtema: A vida é fruto do amor. (Lucas 4, 16-21)
 Pregador (a): Godeiro
 Atrações: Leilão e Discoteca no Mercado Público.
 Promoção: Jantar Comunitário

Dia 19/03/2011 (Sábado) – Encerramento da Festa.

 Procissão de Encerramento: ás 16h30min
 Celebração da Santa Missa: 17h00min
 Arreamento das Bandeiras
 Atrações: Surpresa
 Promoção: Jantar Comunitário.

Postado por Jardeu Amorim
Texto do nosso camarada Adailton do grupo Buracod'oráculo de São Paulo

Para começar o debate preparei o texto abaixo, uma recriação de outro.
______________//______________________

Chegamos ao fim da primeira década do século XXI e o capitalismo continua avançando de forma voraz, investindo sobre o espaço público, tendo como principal aliado o Estado, dito democrático. Sob o signo da racionalização, com o discurso de organizar, tem perseguido os artistas populares e a arte que produzem, ambos continuam relegados ao esquecimento ou sofrendo constantes ameaças.

Fechamento ou intimidação aos espaços culturais geridos por coletivos, rígida fiscalização, atores apanhando da polícia, proibição de eventos em praças públicas, tudo isso ocorrendo em 2010 em diversos lugares do Brasil. O que está ocorrendo? Retornamos à ditadura? Vivemos sim a ditadura do mercado. Toda e qualquer arte que não se coloca como mercadológica, vem sofrendo perseguições. A constatação é dura e a realidade mais ainda. Pois a espaço público vem sendo negado também aos movimentos sociais, portanto, aos cidadãos, vide a truculência como vem sendo recebido toda e qualquer manifestação que vai às ruas.

Na cidade de São Paulo podemos citar alguns exemplos de projetos voltados à atender a comunidade e a população em geral e que vem sofrendo com ações repressivas. O Centro Independente de Cultura Alternativa e Social (CICAS), situado no Jardim Julieta, zona norte da cidade de São Paulo, após três anos de excelente trabalho foi ameaçado de despejo por parte do poder público e os jovens que coordenam o espaço foram coagidos pela polícia. O objetivo era derrubar o espaço, o que foi evitado graças ao apoio de diversos coletivos, movimentos sociais e da imprensa. Outro exemplo: Durante o I Encontro de Mamulengo em São Paulo, mesmo com as devidas autorizações fornecidas pelo poder público, na abertura do evento a fiscalização foi três vezes à Praça do Patriarca, ameaçando ‘baixar’ com a polícia para levar material dos mestres mamulengueiros que vieram de diversas partes do país para o encontro. Além disso, já sofreram perseguição do poder público outros espaços, como o Sacolão das Artes na zona sul e o Centro Cultural Arte em Construção na Cidade Tiradentes.

Mas esses atos não se restringem a São Paulo. Em Fortaleza atores apanharam da polícia em praça pública, que, além disso, incitaram o público a agredirem também. Em Porto Alegre, diversos grupos que ocupam uma ala de um hospital psiquiátrico abandonado vêm sofrendo constantes ameaças de despejo. Na mesma cidade, atores foram presos, simplesmente por usarem o espaço público da rua para suas apresentações. No Rio de Janeiro, o Tá Na Rua, grupo histórico, com mais de trinta anos de existência, foi impedido de se apresentar na praça que ocupavam a vários anos. Na mesma cidade outros coletivos tiveram suas apresentações impedidas. Em Belo Horizonte, praças foram cercadas, impedindo o livre acesso do público e de artistas populares a mesma.

Os relatos poderiam se estender sobre outras tantas cidades e outros tantos Estados. As artes populares estão sob pressão, sofrendo diversas agressões. O espaço público vem sendo privatizado, um desrespeito ao direito de todo cidadão de ir e vir, bem como a sua livre expressão, assegurados na Constituição Brasileira. E ainda há quem acredite que vivemos numa democracia. É preciso que se crie o debate sobre o espaço público, de forma ampla e irrestrita, bem como as devidas ações para reavermos o que nos pertence, e o Congresso Brasileiro de Teatro é o melhor lugar para tal, afinal se nos colocamos como fazedores de uma arte pública, devemos aprofundar todas as dimensões do seu significado.
Adailton Alves

CARNAVAL 2011

Foto:da Internet













Muita paz e responsabilidades para todos nesse carnaval. bebamos com moderações.

BEBE HOJE?


Foto da internet
 
A cidade de São Paulo/SP vai sediar um dos maiores Congressos de Teatro de Rua do Brasil, entre os dias 26 e 27 de março de 2011. O evento estará sendo realizado pela Rede Brasileira de Teatro de Rua, puxada por grupos de São Paulo e grande São Paulo.
Segundo informações passadas por Junio Santos, os arteiros de São Paulo estão bancando alimentação e hospedagem; passagem é por conta do participante. Estamos articulando a participação do Escambo.

postado por Jardeu Amorim

Ensaio na casa de cultura de Umarizal, foto: http://www.ciranduis.blogspot.com/
    Atores da Cia. Ciranduís, Cia. Arte e Riso de Umarizal e Junio Santos, estiveram entre os dias 25 e 27 de fevereiro de 2011, realizando atividades de vivências teatrais e ensaios do espetáculo O Casaco de Urde Malas, em Umarizal e Lucrécia.


Presença de Antônio Leal. Foto: http://www.ciranduis.blogspot.com/
    Sexta-Feira, 25 de fevereiro, batemos texto e fizemos um bom papo sobre literatura com a presença ilustre do mestre Antonio Leal, na Casa de Cultura de Umarizal, onde ensaiamos na mesma noite e no sábado, 26, até meio dia.


Reunião na comunidade de Caboré/ Lucrécia-RN. Foto: http://www.ciaranduis.blogspot.com/

    Seguimos para Lucrécia no sábado, onde tivemos encontro com os grupos Tribo da Arte, Arte e Ginga e Metamofarte, às15h, na Comunidade de Caboré. Fizemos um ensaio e em seguida nos deslocamos para a comunidade de Várzea Grande, onde na oportunidade visitamos os Caldeirões, fotografamos e pegamos a estrada de volta pra casa.

foto: Arte e Riso

Foto: Arte e Riso

Vejamos alguns outros momentos:

Jardeu Amorim, ensaio em Umarizal. Foto: Arte e Riso

Léo Alves, ensaio em Umarizal. Foto: Arte e Riso

Berg Bezerra de Janduís, ensaio em Umarizal .Foto: Arte e Riso

Vitor na reunião em Caboré/ Lucrécia. Foto: Arte e Riso
Fonte: www.ciranduis.blogspot.com
Para ver mais fotos, acesse: http://www.culturadeferro.blogspot.com/

Postado por Jardeu Amorim

Olhem só o que encontrei no blog de um amigo meu(http://anibalmascarenhas-filho.blogspot.com), um texto que escrevi há anos. confiram!

Autor: Joelson de Souto


foto da internet
Acho que a maioria das coisas ruins que acontece comigo deve ser piada divina, provavelmente funciona assim: acontece qualquer coisa, qualquer coisa mesmo, aí faço piada disso, conto, aumento, minto, repito, problematizo uma besteira que não merecia o mínimo de atenção, ridicularizo a vida, o povo, o amor, o humor...ganho dinheiro com isso, recebo elogios, críticas, saio em jornal, revista, na boca das pessoas, viro poeta, literato, jornalista, cronista, mista, simplista, anti socialista...Egoísta...Ridículo... pois é, Deus não gosta que “tirem onda” com as coisas dele...
Mas não é hora para lamentações, é hora de pensar em bêbados e ratos, em palavras e agressões, em mentiras e Tartarugas Ninjas:
Pois bem, há dois anos atrás mudei de endereço mais uma vez. Era uma casa, até que enfim, já que depois que saí de umarizal só havia morado em poleiros e essa era tudo que eu queria. Tinha um pé-de-manga magnífico, parecido com um que há no quintal da casa dos meus pais, bem em frente à porta da rua. Era cada manga que chega o chão tremia quando uma despencava lá de cima. Mas feita a mudança, sobra o lixo, e como a casa havia ficado muitos dias sem morador algum, a base do lixo era folha e manga. Deixamos tudo arrumado na calçada esperando a coleta do dia seguinte. Estava quase anoitecendo e já era hora de me arrumar para ir à Faculdade...Começo de semestre, rever os amigos, os mestres e, é claro, tomar uma no barzinho em frente à universidade (não poderia quebrar uma tradição que perdura há anos na UERN).
Banho tomado, cabelo secando ao vento, camisa velha da Cumade Cristina, e lá vou eu no Boa Vista lotado. Alguém mexeu comigo, mas não lhe dei atenção. Pensava na minha casinha, no meu quarto novo, minha rede e minha guitarra a me esperar...
(...)
Na aula: tudo normal. No corredor: tudo normal. Na escada: tudo normal. No bar tudo “massa”... Caso eu não tivesse perdido o ônibus, mas sem importância, pegar carona também é tradição na UERN, fui até o centro e de lá segui o resto do caminho a pé, uma caminhada danada, tanto que quando cheguei perto de casa tava tontinho (estava com fome, havia bebido e caminhado muito), mas a única coisa inesperada que aconteceu foi quando cheguei em frente ao portão da casa nova e vi, em cima das sacolas das mangas podres, um Rato! Espera aí, rato é bondade minha, aquilo era quase uma capivara! Não bastasse o susto que me dera só com sua presença, o roedor ergueu-se sobre as duas patas traseiras e ficou empezinho (ratos ficam em pé, sim senhor!). Eu achei que era desaforo de mais e já ia bater o pé para espantá-lo, mas eu, como homem que sou, subestimei a coragem do meu, agora, oponente... Quando bati o pé no chão ele fechou as mãozinhas como um bom boxeador e olhou para mim, bem no fundo dos meus olhos de ébrio (apesar de ser bem maior que ele tive a nítida impressão que fui olhado de cima para baixo), senti-me humilhado e tive medo quando aquele “rato” com pose de George Foreman abriu uma meia boquinha e mostrou apenas um meio sorriso de escárnio, como se estivesse me achando fraco e me chamando para a briga com a certeza de que sairia vencedor. Porém, eu reagi! Tirei a apostila dobrada de dentro do bolso lateral do bermudão e como se sacasse uma arma mortal fiz pose de lutador e com toda coragem do mundo disse com uma voz de bêbado retardado: REAJA, MESTRE SPLINTER! Esse momento foi mágico o ratão murchou num instante, baixou a vista, desceu da sacola de lixo, entrou na vala de esgoto e correu... Logo mais adiante parou, olhou para traz, riu de mim, balançou a cabeça, deu as costas e sumiu...
Deveria ter deixado aquela criatura em paz assim que cheguei... Com minha arrogância de homem, que tudo posso, que tudo faço, menosprezei uma criatura que vive nos esgotos da cidade, alimentando-se das nossas sobras, um dos mais degredados viventes da natureza... E fui menosprezado...
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...