Após 32º Escambo e 9º Festival de Teatro de Rua do Recife

Tadeusz Kantor, Foto da Internet
O ATOR (Tadeusz Kantor)


- retrato nu do homem,
- exposto a qualquer transeunte,
- silhueta elástica.
- O ator,
- forasteiro,
- exibicionista desavergonhado,
- simulador fazendo demonstração de lágrimas,
- de riso,
- de funcionamento,
- de todos os órgãos,
- dos vértices do espírito, do coração, das paixões,
- do ventre,
- do pênis,
- o corpo exposto a todos os estimulantes,
- todos os perigos,
- e todas as surpresas;
- engodo,
- modelo artificial de sua anatomia,
- e de seu espírito,
- renunciando à dignidade e ao prestígio,
- atraindo os desprezos e os escárnios,
- tão perto das lixeiras quanto da eternidade,
- rejeitado pelo que é normal,
- e normativo em uma sociedade.
- Ator
- que vive unicamente
- no imaginário,
- levado a um estado de insatisfação crônica
- e de insaciabilidade perante tudo
- aquilo que existe realmente,
- fora do universo da ficção,
- que o compele
- a uma nostalgia perpétua
- constrangendo-o
- a uma vida nômade.
- Ator forasteiro,
- eterno errante
- sem lar nem lugar,
- buscando em vão o porto,
- carregando em suas bagagens
- todo o seu bem,
- suas esperanças, suas ilusões perdidas,
- o que é sua riqueza
- e sua carga,
- uma ficção
- que ele defende zelosamente até as últimas conseqüências
- contra a intolerância de um mundo indiferente.

O escambo mais uma vez foi massa! Valeu galera e todos os escambistas!!!


Maisy de Souto

Postado por Jardeu Amorim

1 comentários:

  • Izócelis Escaleno | 18 de novembro de 2011 13:47

    "O poeta é um fingidor.
    Finge tão completamente
    Que chega a fingir que é dor
    A dor que deveras sente."

    Parabéns pelo poema, Maisy...
    e para o escambo também!
    talvez você não lembre-se de mim.
    Eu lembro de você...

    abraços a todos,
    seu irmão( grande amigo)
    também!!!

    Espero voltar a casa de vocês
    repetir o extaze daquelas servejas
    jogadas em meio a boas conversas!

    P.S.
    quer publicar seu poema no meu blog?

    www.poemasdaestrada.blogspot.com

    envie seu trabalho, + uma imagem
    que vc queira publicar junto ao poema(geralmente uma imagem sua):

    yurihicaro@hotmail.com

    yuri hicaro

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...